fbpx
Sistema de Detecção e Alarme de Incêndio Sem Fio é Wi-Fi?

Sistema de Detecção e Alarme de Incêndio Sem Fio é Wi-Fi?

Na era dos dados muita informação também gera desinformação, esse é o preço dos dados na ponta dos dedos. Com assuntos relacionados a Sistemas de Detecção e Alarme de Incêndio SDAI’s, essa lógica não é diferente. O que se pode notar atualmente é uma desinformação desenfreada por parte não só da sociedade mas até mesmo de fabricantes que se dizem fornecedores de soluções sem fio.

Um termo muito comum em nossa cabeça é o Wi-Fi. Nem tudo que é sem fio é Wi-Fi e isso se aplica exatamente a SDAI’s usando Rádio Frequência de forma correta. Alguns podem até dizer que já viram e sabem que fabricantes usam conexão Wi-Fi para a comunicação de sensores de detecção e combate a incêndio e infelizmente isso é verdade. Chegamos ao absurdo de constatar que existem empresas fabricando sistemas de segurança e que deveriam presar por salvar vidas, mas que apesar dessa carga, não se dão ao trabalho de fazer a tarefa de casa e ler o básico sobre como SDAI’s Wireless devem operar.

Nada melhor do que entender as diferenças entre protocolos para explicar o que é Wi-Fi e o porque ele é usado com outras finalidades. Abaixo segue uma breve explicação sobre o termo e seu significado.

 

Wi-Fi é uma marca registrada da Wi-Fi Alliance. É utilizada por produtos certificados que pertencem à classe de dispositivos de rede local sem fios (WLAN) baseados no padrão IEEE 802.11. Por causa do relacionamento íntimo com seu padrão de mesmo nome, o termo Wi-Fi é usado frequentemente como sinônimo para a tecnologia IEEE 802.11. O nome, para muitos, sugere que se deriva de uma abreviação de wireless fidelity, ou “fidelidade sem fio”, mas não passa de uma brincadeira com o termo Hi-Fi, designado para qualificar aparelhos de som com áudio mais confiável, que é usado desde a década de 1950.[1]

O padrão Wi-Fi  opera em faixas de frequências que não necessitam de licença para instalação e/ou operação. Este fato as torna atrativas. No entanto, para uso comercial no Brasil, é necessária o equipamento ser homologado pela Agência Nacional de Telecomunicações.[1]. As frequências são livres de licença, o usuário não paga nenhuma taxa, mas são permitidos apenas equipamentos que tenham sido analisados, avaliados e obtidos um o certificado de homologação, sendo que esses equipamentos recebem um selo de identificação da agência. (FONTE: Wikipédia)

 

Esclarecido o termo e seu significado, a questão a seguir trata exatamente da questão que explica o porque o Wi-Fi não deveria ser utilizado em SDAI’s Sem Fio e a palavra aqui é TOPOLOGIA DE REDE MESH

 

Topologia de Rede MESH ?

Topologia é a forma por meio da qual uma rede se apresenta fisicamente, ou seja, como os elementos de rede (network nodes) estão dispostos. A topologia MESH (MALHA) permite que dispositivos filhos, ou END DEVICES, possam comunicar com seus dispositivos pais e chegar a rota final de comunicação utilizando vários NÓS DE REDE ou caminhos e garantindo a REDUNDÂNCIA na entrega de dados.

 

Acima conseguimos enxergar o que faz de uma REDE MESH, a escolha ideal e acertada para atender sistemas que demandam REDUNDÂNCIA DE DADOS. Mesmo que um dispositivo não consiga comunicação por um canal de repetição, ele tentará por outros N caminhos que estejam a seu alcance. É exatamente aqui que o Wi-Fi não consegue atuar, pelo menos não no seu uso mais comum. (Existem novas tecnologias de operação de Wi-Fi sendo criadas, as nomeadas Wi-Fi Mesh, mas esse é um assunto em desenvolvimento e ainda não utilizado atualmente).

Wi-Fi opera com a topologia estrela e árvore e por esse motivo acaba perdendo conexão ao perder um de seus nós repetidores. Claro que alguns vão dizer, mas já vi computadores se reconectarem a rede mesmo na perda de um repetidor e novamente essa afirmativa é verdade, mas o problema é como isso é feito (com segundos de atraso). Em Wi-Fi existe uma lógica sobre canais e também sobre tempo de reconexão que são completamente inaceitáveis em sistemas de ALTA SEGURANÇA, como o caso de SDAI’s. Por esse motivo rede mesh como ZIGBEE são redes direcionadas para essa finalidade. 

A exemplo de ZigBee, os dispositivos finais trabalham dentro de uma lógica de recuperação em até 250 milisegundos (ms). Além desse aspecto estes dispositivos tem um tratamento completamente diferentes em termos de segurança e redundância, operando com chaves de criptografia de 128 bits para seu handshake.

Daqui a alguns anos sei que tecnologias como WiFi e outras que estão surgindo sejam capazes de fazer esse enlace de forma muito mais segura e rápida. Mas hoje o payload para essa relação ainda favorece protocolos e redes industriais como o caso de ZigBee e outras que se baseiam em rede mesh.

Espero que esse texto possa ter ajudado a entender um pouco melhor essa confusão que existe no mercado sobre SDAI’s serem vendidos como Wi-Fi, o que na verdade não são (pelo menos não até agora).

 

Deixe uma resposta

Fechar Menu

Manutenção em nosso PABX

Por favor use o número temporário para entrar em contato conosco.




+55 62 3142-0062